Uso da coleta de dados

A Cambridge Analytica. É uma empresa que faz análise de dados comportamentais ao segmentar anúncios para uma finalidade específica, seja para um candidato ou para uma marca. O objetivo da empresa é coletar dados e identificar o público-alvo das campanhas com base na lista de personalidades. O que essa empresa faz gerou escândalos políticos de … Continue lendo Uso da coleta de dados

Publicidade

Cultura algorítmica e a identidade digital

Desde as eleições americanas de 2016, o funcionamento dos algoritmos têm sido amplamente questionado. A partir da disseminação de fake news e da proliferação das chamadas “bolhas”, alguns especialistas consideram até culpar o Facebook pela eleição do então candidato improvável de ser eleito, Donald Trump. No Brasil, em 2018, apesar das medidas adotadas em combate … Continue lendo Cultura algorítmica e a identidade digital

Sobre vigilância e necropolítica

Sobre vigilância e necropolítica Seja por biometria, câmeras de reconhecimento facial, rastros deixados na internet ou mesmo dados recolhidos e vendidos por grandes empresas de serviços, as novas formas de se identificar indivíduos em diferentes contextos vêm intrigando a sociedade. A constante vigilância infere principalmente sobre a privacidade dos indivíduos, que são assediados por propagandas, … Continue lendo Sobre vigilância e necropolítica

Ciberativismo nas redes

Foto: Zoubeir Souissi/Reuters No século das redes sociais, era óbvio que as causas políticas não lhe escapariam. Desde os primórdios da computação o ciberativismo está presente. Desde os Hackers e os Crakers até a influência das redes sociais, o ciberativismo sempre esteve por perto. Os protestos de 2013 foram a primeira vez que esse fenômeno … Continue lendo Ciberativismo nas redes

Territórios, identidade e tecnologias

O mundo mudou um monte do século XX para cá. Coisas que eram consideradas impossíveis há um bom tempo atrás, como por exemplo, conversar com alguém do outro lado do planeta em questão de segundos ou checar a rota do seu vôo enquanto ele está voando, hoje são realizadas na palma da nossa mão graças … Continue lendo Territórios, identidade e tecnologias

Redes identitárias

As relações humanas são caracterizadas pela múltipla constituição de redes. Musso traz em seu texto a polissemia da palavra rede, estando relacionada à infraestrutura em si, como a partir de uma dimensão ontológica, o que se faz efetivamente. A noção de rede funciona como um cristalizador (MUSSO 2004) que não define nem determina as relações … Continue lendo Redes identitárias

Tecnotidade

    Segundo Vilém Flusser a comunicação humana é um processo artificial, que tende a nos afastar da nossa verdadeira natureza solitária, nos aproximando uns dos outros. Com o tempo passamos a esquecer que esse processo, ou melhor, que esses processos comunicacionais não são naturais. Pelo contrário, a comunicação entre seres humanos é forjada a partir … Continue lendo Tecnotidade